1/5

31.10.2015

 

Olhe além do corredor de laticínios.


Mesmo que você não tenha intolerância à lactose ou alergia ao leite de vaca, limite o consumo do leite e seus derivados a não mais que 1-2 porções por dia. 
Os laticínios não são a única fonte de cálcio existente. Os vegetais de folhas verdes, como o brócolis e couve, são alimentos não lácteos ricos em cálcio e também são grandes fontes de vitamina K, magnésio e outros nutrientes essenciais para a saúde óssea. Feijão, sardinha, semente de gergelim e tofu também podem fornecer o cálcio para seu organismo.

 

Obtenha vitamina D.

A vitamina D, junto com o cálcio, desempenha um papel fundamental na promoção da saúde óssea. Ela é obtida através da exposição à luz solar direta. 
Pergunte sobre a vitamina ao seu nutricionista ou médico e peça um exame de sangue para a vitamina D.

 

Mantenha-se ativo.

O exercício físico regular, especialmente o aeróbico, como caminhar ou correr, é parte essencial para a construção e manutenção de ossos fortes.

 

Ajude seus filhos a...

14.10.2015

 

 

 

Médica ortomolecular, ginecologista e nutróloga com mais de 30 anos de clínica, Elizabeth Ayoub abordou, na terceira edição do Congresso Internacional Nutrição Especializada e Expo sem Glúten (COINE), realizado no Rio de 24 a 26 de abril, um tema ainda pouco discutido no Brasil: o mecanismo viciante de alguns alimentos muito presentes na rotina contemporânea, incluindo leite e trigo.

 

“Eu percebia que alguns pacientes tinham certas compulsões alimentares, e resolvi investigar. Após estudar o assunto, entendi que alguns alimentos como, por exemplo, leite, trigo, ovo, espinafre, café e soja produzem, por meio da digestão, peptídeos semelhantes ao ópio, os opióides,”, explicou Elizabeth em entrevista exclusiva ao Estar Bem. “Esses alimentos passam pela digestão enzimática, que se estiver prejudicada, aumenta a chance de produção desses peptídeos. Isso gera uma busca eterna por prazer e compensação por meio da comida”, conclui.

 

Elizabeth explica ainda que, para o organismo, estar frente...

12.10.2015

 

Deixar o organismo se curar sozinho é uma das possibilidades que o cardiologista e nutrólogo Sérgio Puppin adota como conduta diante de alguns casos apresentados a ele por seus pacientes. Em sua palestra durante a terceira edição do Congresso Internacional Nutrição Especializada e Expo sem Glúten (COINE), sediado no Rio de 24 a 26 de abril, ele afirmou, ainda, que muitas vezes pede apenas para que o paciente retire o glúten da dieta por no mínimo três semanas, e “pronto”: descobre-se onde estava o problema.

 

Mas para entender que a proteína do trigo poderia ser um mal, Puppin entrou em conflito com o que ele próprio aprendeu durante sua formação. Foi após palestra que ele assistiu, quase a contragosto, de um dos maiores especialistas no tema, Thomas O’Bryan, que teve que dar o braço a torcer e começar a encarar o glúten como o “camaleão das doenças”, título da sua palestra no evento.

 

A imagem foi usada duranta a palestra de Puppin para ilustrar a capacidade que o glúten tem de se camuf...

11.10.2015

 

Para quem quer levar uma vida mais saudável e natural, vai gostar dessa novidade. O açúcar do coco é 100% natural, rico em vitaminas do complexo B, ferro, zinco, potássio,magnésio e zinco.

Parecido com o açúcar mascavo, o açúcar do coco tem grandes vantagens para quem quer manter a forma, pois tem baixo índice glicêmico, ou seja, ele se transforma em glicose no sangue lentamente, fazendo com que o hormônio insulina (que processa a glicose) seja disparado em pequena quantidade garantindo saciedade por mais tempo e evitando a gula.

O açúcar de coco pode ser usado para adoçar vários tipos de preparos como: sucos, vitaminas,  bolos, geleias, biscoitos, doces, tortas, sorvetes, molhos e etc.

10.10.2015

 

 

Distúrbios relacionados à ansiedade geralmente exigem medicação, psicoterapia ou os dois juntos. Mas isso não significa que mudanças no estilo de vida estão fora de cogitação para amenizar os sintomas. Uma dieta equilibrada e exercícios físicos regulares podem não curar totalmente o mal, no entanto, melhoram o humor e o bem-estar. Além disso, inúmeros alimentos e bebidas também podem ajudar a diminuir a ansiedade. Abaixo, veja 5 deles, de acordo com o Huffington Post.

 

1. Peixes ricos em gordura
Em um pequeno estudo realizado na Ohio State University, participantes que ingeriram um suplemento de ácido graxo ômega 3 mostraram uma redução de 20% na ansiedade, quando comparados a um grupo que consumiu pílulas placebo. Ao invés de encorajar as pessoas a comprarem suplementos, a co-autora do estudo, Martha Belury, indica mudança na dieta. “As pessoas deveriam apenas considerar um aumento de ômega 3 em sua dieta”, disse, em comunicado.

 

2. Chá de camomila
A camomila é utilizada pel...

07.10.2015

Você sabia?

O zinco é um mineral essencial para o organismo porque colabora com: a manutenção do olfato, a eficácia do sistema imunológico e a construção de proteínas. O zinco também funciona como um neurotransmissor pois ajuda as células do seu corpo se comunicar.

A deficiência em zinco pode ocasionar: impotência, falta de apetite, imunodepressão,  lesões na pele, redução do crescimento. Entretanto, o consumo excessivo de zinco pode acarretar a curto prazo: falta de apetite, dores de cabeça, cólicas abdominais, diarréia, náuseas e vômitos.  No longo prazo pode prejudicar a absorção de ferro e de cobre.

Para as pessoas que apresentam deficiência em  zinco, apresentamos, em seguida, alimentos fonte desse mineral.

O valor diário recomendado (VD) para o zinco é de 15mg/dia.

 

1. Frutos do mar, Ostras

  • Outros frutos do mar ricos em zinco;

  • Caranguejo (43%) e lagosta (41%)  (% VD por xícara)

 

2. Carne de cordeiro 

 

3. Espinafre

Outros Vegetais de folhas verdes ricos em zinco (% VD por...

05.10.2015

 

Magnésio é um mineral essencial e está envolvido em muitas reações enzimáticas, uma vez que sua principal função está associada à ativação de inúmeras enzimas. Dentre as funções do magnésio estão: colaboração na produção de energia e  no metabolismo das gorduras e proteínas no organismo.

 

 

            Fonte: Rawforbeauty

Please reload

AGENDA DE CURSOS  CBAN 
CANAL YOUTUBE
DIVULGAÇÃO:

Livro Vida Saudável Sem Glúten

O lançamento da editora Batel.

Pôsteres em Destaque

COINE/RENAE 2020

04.09.2020

1/10
Please reload

Pôsteres Recentes